Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosAnta GordaA importância do clareamento dental, explicada por quem entende do assunto

A importância do clareamento dental, explicada por quem entende do assunto

Quem não sonha com um sorriso branquinho e livre de manchas? Se esse é o seu objetivo, o clareamento dental é a escolha ideal, podendo ser feito de duas formas distintas: no consultório, com o dentista, ou em casa com o uso de uma moldeira.

O clareamento dental consiste em utilizar produtos à base de peróxido de hidrogênio, que, quando em contato com a superfície dos dentes, conseguem quebrar as moléculas pigmentadas, dissociando-as em moléculas menores e deixando o dente mais claro. Não existem muitas barreiras que impeçam o paciente de realizar o clareamento dental, desde que toda a cavidade bucal esteja em um bom estado de saúde. Mas por ser um procedimento estético, ele deve ser evitado no terço inicial e final da gravidez”, explica o dentista que cursa especialização em prótese dentária e atualização em endodontia, Carlos Henrique Pitol.

Ele trabalha junto à irmã, Natalia Roman Pitol, que é especialista em implantodontia e atualização em cirurgia oral menor, e cursa especialização em periodontia. Ambos atuam na Clínica Dentária Pitol.

Tipos de clareamento dental

Segundo o profissional, no clareamento caseiro é feito com o uso de moldeira e gel clareador. “A moldeira é um dispositivo de silicone feito sob medida, de forma que se encaixa perfeitamente na arcada dentária do paciente. Nela, se aplica o gel clareador que vai entrar em contato com os dentes por um período de algumas horas. Normalmente, o tratamento costuma durar cerca de três semanas”, ressalta ao alertar: “Apesar de muita gente se deixar levar por métodos encontrados na internet, sem orientação profissional alguma, é preciso ter muito cuidado, pois além de não ter nenhuma eficácia, podem trazer perigos à saúde”, pontua.

Já em relação ao clareamento de consultório, ele destaca: “Esse é um procedimento clareador controlado 100% pelo cirurgião dentista que está conduzindo o caso. Nele, é confeccionada uma barreira gengival (com o objetivo de proteger a gengiva) e é aplicado o gel clareador. Durante uma mesma consulta de clareamento no consultório são feitas renovações ou trocas do gel aplicado sobre os dentes. Além disso, no clareamento de consultório é utilizado um gel diferente e com maior concentração do princípio ativo. Normalmente, o resultado final do clareamento de consultório é alcançado após duas a três sessões de procedimento”, enfatiza.

O profissional finaliza abordando sobre a relação entre clareamento e sensibilidade dental. “Uma preocupação comum entre os pacientes é se o clareamento provoca sensibilidade. O que ocorre é que esse tratamento age na dentina, formada por milhões de canalículos que se ligam ao nervo do dente. Essas estruturas, portanto, ficam extremamente sensíveis e se contraem durante o tratamento, ocasionando os ‘choques’ no dente. Como o clareamento quebra as moléculas de cor da dentina, isso faz com que haja aumento da sensibilidade durante o tratamento. Com isso, o que costuma acontecer é uma sensibilidade temporária”, encerra.

A Clínica Dentária Pitol, que está no mercado desde 2017, encontra-se na Rua Padre Hermínio Catelli, em Anta Gorda. O telefone para contato é (51) 3756.1362.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.