Essa matéria é exclusiva para assinantes.

Já sou assinante!

InícioDestaqueRecurso da venda do DEMEEP deverá ser aplicado no Parque da Usina

Recurso da venda do DEMEEP deverá ser aplicado no Parque da Usina

Vereadores aprovam a construção de rede de água e a perfuração de um poço em Xarqueda

Foi realizada na terça-feira, 20 de julho, a sessão ordinária, onde dois projetos de lei do Poder Executivo estiveram em pauta, o prefeito interino Fernando Gonçalves dos Santos e o secretário de Administração Edenilson Davi estiveram assistindo a sessão. Um deles foi o 045/2021 que busca a regulamentação da utilização dos recursos oriundos da alienação dos ativos do Departamento Municipal de Energia Elétrica de Putinga (DEMEEP), que estavam como recurso livre e poderia ser aplicado em qualquer área, o valor aplicado é de R$ 3.170.723,04.

Conforme justificativa do projeto o recurso decorrente da alienação dos ativos do DEMEEP seria investido unicamente na revitalização da antiga Usina e o Projeto de Lei 045/2021, visa reafirmar e garantir que a aplicação desses recursos seja integramente destinada às tais obras. O projeto foi aprovado por quatro votos, sendo que os vereadores Cassiano Spinelli, Josmairo Marostica, Vanderlei Radaelli e Edison Arosi, se abstiveram de votar.

Arosi sugeriu, anteriormente à votação do projeto, que este não fosse incluído na ordem do dia. “Quero justificar a não inclusão deste projeto na ordem do dia por vários motivos. Primeiro porque chegou a esta Casa na sexta-feira. É um projeto de valor considerável, onde existia uma lei em 2019 em que o município poderia utilizar esse recurso para outros investimentos e hoje está destinando para o projeto de revitalização do Parque da Usina. Defendo a revitalização, mas precisamos debater mais esse assunto. Precisamos consultar as lideranças de cada partido para chegarmos a um consenso. Precisamos também ouvir a população e comércio local, para ver se não é melhor investirmos em outras áreas dentro do município”, pontuou.

A vereadora Marina De Col Bertuol, por sua vez, frisou: “Esse projeto retoma a lei original de 2015 que foi alterada em 2019. É uma garantia de que a revitalização seja finalizada. O projeto completo, aprovado em 2014, contempla algumas obras que não foram executadas, como parte das trilhas e passarelas que levam as pessoas a fazerem um passeio pelas tubulações antigas até chegarem à cascata da usina, e esse é o grande diferencial do projeto. Se a usina vai voltar a gerar energia ou não é outra questão onde deve ser realizado um estudo de viabilidade técnico-financeiro”, disse. “E nada impede que com a finalização do projeto original do Parque da Usina, o saldo restante seja utilizado em outras obras, desde que analisadas por essa Casa que é fiscalizadora dos atos públicos”, acrescentou.

O vereador Josmairo Marostica, que fez um pedido de vistas, o qual foi reprovado, alegou: “Para a aplicação deste valor de R$ 3 milhões deveria no mínimo ser realizada uma consulta popular com a comunidade, e não apreciarmos e votarmos esse projeto em apenas quatro dias”, destacou.

Outro projeto que esteve em pauta foi o 044/2021, que autoriza o Poder Executivo Municipal a firmar termo de parceria com a Associação Rede D’água Xarqueada, para viabilizar a construção da rede para abastecimento das propriedades a qual pertencem seus associados. Fica o Executivo autorizado a repassar a importância de R$ 69.079,50, bem como os materiais objetos de devolução a ser realizada pela Associação de Água da Linha Santa Teresa, em razão do termo de convênio autorizado pela Lei Municipal 2.267/2021. As demais despesas para conclusão da construção da rede de água serão de responsabilidade das famílias associadas, bem como a manutenção posterior das referidas redes.

A proposta foi aprovada por unanimidade com a emenda apresentada durante a sessão por Marostica, que colocou: “Gostaria de fazer uma emenda para que até que a obra da rede de água de Santa Tereza não seja concluída, não haja a devolução dos materiais que lá estão”, enfatizou.

Sobre o projeto a vereadora Marina abordou: “Parabenizo o Executivo por atender o pedido do vereador Vanderlei Radaelli, que havia apresentado pedido de providência quanto à essa rede de água. Isso mostra que esse governo trabalha para todos, com a situação e oposição. Isso é uma conquista para a política do município, pois por muitos anos nessa Casa vi Legislativo e Executivo trabalharem contra. Fico feliz em ver agora a democracia perdurar, e a comunidade só tem a ganhar com isso”, frisou ao incrementar: “Só quem enfrenta períodos de seca sabe o quanto é difícil. É uma prioridade do nosso governo as redes de água e acho que o prefeito conseguiu atingir todos os objetivos que tinha traçado no início do governo, para atender essa população que demanda desse recurso.”

O vereador Vanderlei Radaelli também explanou sobre a proposta: “Quando coloquei o pedido ao prefeito fui muito bem acolhido por ele. Ele acatou a solicitação e os vereadores aprovaram. Sou grato por isso”, disse.

Grande expediente

O primeiro a se manifestar na tribuna foi o presidente do Legislativo, Juliano Moretto. “Gostaria de agradecer aos vereadores que votaram a favor do projeto de construção da rede de água de Xarqueada, onde vejo a necessidade daquelas famílias terem água de qualidade em suas torneiras. Fomos um pouco pressionados pelo prefeito eleito (Paulo Lima) para tirar esse projeto de pauta para analisarmos melhor depois que ele assumir, mas temos certeza que há recursos para a perfuração desse poço para aquela comunidade que há tempo está esperando água potável para beber”, declarou.

Moretto também comentou sobre as emendas conquistadas pela bancada do PSD. “Em seis meses conseguimos R$ 935.738 em emendas que já estão cadastradas e em breve devem vir para o município para serem aplicadas em saúde e pavimentação”, revelou ao se colocar à disposição da comunidade para tratar de qualquer assunto.
Em sua vez na tribuna o vereador Cassiano Spinelli também anunciou uma emenda. “Recebemos uma emenda de R$ 380 mil para a compra de uma retroescavadeira nova. E virão muito mais emendas”, salientou.

Arosi, por sua vez, comentou: “Quero deixar claro que sobre o projeto da usina, nossa bancada não é contra. Só não concordamos pela forma como ele veio, sem saber o que a população quer e precisa”, colocou ao também anunciar uma emenda de R$ 100 mil destinada ao hospital pelo deputado Marcio Biolchi. “Nossa Câmara está de parabéns, pois nós vereadores, estamos indo buscar, estamos fazendo acontecer e estamos trazendo recursos para todos que moram no município”, pontuou.

Por fim, foi à tribuna o vereador Josmairo Marostica. “Parabenizo o colega Juliano e o prefeito Fernandinho pela coragem em concorrer nas últimas eleições e pelo trabalho realizado”, colocou ao exaltar seu respeito por ambos.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.