Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosAnta Gorda“Agricultores não estão desassistidos”, frisa secretário de Agricultura

“Agricultores não estão desassistidos”, frisa secretário de Agricultura

Junior Maso explica que mesmo com o fechamento da inspetoria, Anta Gorda continua disponibilizando dos mesmos serviços ao produtor rural

Fechada em 25 de maio de 2020, a Inspetoria de Defesa Agropecuária (IDA), de Anta Gorda, passa agora a ser Escritório de Defesa Agropecuária (EDA), subordinado à inspetoria de Guaporé.

O que muda para o produtor rural? Praticamente nada, conforme o secretário de Agricultura, Junior Maso. “Contávamos com o trabalho do Médico Veterinário Eraldo José Leão Marques, que se aposentou, e o Estado não teve outro inspetor para substitui-lo”, ressalta.

Ele segue explicando. “Fez-se então no Estado um estudo generalizado pela falta destes profissionais. Os municípios que não tinham inspetor veterinário foram distribuídos para os que possuem inspetoria ativa. Anta Gorda por exemplo, está subordinada à Guaporé, mas na prática, o município apenas deixou de ser Inspetoria de Defesa Agropecuária para ser Escritório de Defesa Agropecuária”, enaltece. “Os serviços prestados são basicamente os mesmos, porém o inspetor veterinário é de Guaporé, e de lá ele monitora diariamente não só Anta Gorda, mas Ilópolis, Guaporé, São Valentin, Vespasiano Correa e Dois Lajeados, nos limitando apenas de sua presença física”, declarou.

Serviços como emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA), vacinação contra brucelose, declaração de rebanho, fiscalização em abatedouros, laticínios e frigoríficos, e outros, continuam sendo prestados. “O que acontece é que quando necessário comunicamos o inspetor de Guaporé que se desloca até a propriedade para a vistoria e toma as medidas cabíveis. Desta forma, nenhum agricultor é prejudicado, pelo contrário, estamos trabalhando para possivelmente o município contratar um veterinário que será cedido ao Estado para auxiliar na Defesa Agropecuária. Não vai suprir a existência da inspetoria, mas vai auxiliar o serviço do profissional de Guaporé, sendo que tal veterinário estará atuando fisicamente no município”, destaca.

No dia 16, Maso esteve na Secretaria de Agricultura do Estado, em reunião com a chefe do Departamento de Defesa Agropecuária do Rio Grande do Sul, onde colocou os anseios do município pelo retorno da inspetoria. “Pelos números expressivos de uma agricultura que se destaca na região e pela estrutura ampla que temos, comprovamos a necessidade de voltar a ter inspetoria no município. Ainda, temos muitas ideias vinculadas à FestLeite pela importância que ela tem para Anta Gorda, por isso, se faz necessário melhorar a cada dia os serviços prestados pelo nosso Escritório de Defesa Agropecuária. Mas poderemos voltar a ser inspetoria somente no momento que o Estado disponibilizar um profissional para Anta Gorda”, reforçou.

Maso comunica aos agricultores que, em caso de dúvidas entrem em contato com a secretaria. “Sabemos o quão difícil é a vida do produtor rural, por isso queremos auxilia-lo. Nossos agricultores não estão desassistidos”, finalizou se colocando à disposição.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.