Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosCamargoMais de R$80 mil em incentivos são pagos pelo Município

Mais de R$80 mil em incentivos são pagos pelo Município

Programa de incentivo ao empreendedor já auxiliou 16 comerciantes camarguenses

Com a preocupação de auxiliar, incentivar e valorizar o comércio local, que sofreu com os fechamentos durante a pandemia, a prefeita de Camargo, Jeanice Freitas Fernandes, criou em março de 2021 o Projeto de Lei 018/2021, onde abria-se crédito de R$160 mil para a criação do Programa Pequeno Empreendedor.

Este projeto, que foi aprovado pelo Legislativo, instituía o suporte financeiro na ampliação e manutenção de empreendedores individuais (MEIs), microempresas e autônomos atingidos pela pandemia.

Na ocasião, a prefeita ressaltou a preocupação com a situação de pequenos comerciantes do município devido às medidas restritivas impostas pela pandemia, onde principalmente os pequenos empreendedores foram afetados.

De acordo com a secretária de Administração Greici Dallacort Borelli, este projeto nasceu da iniciativa da prefeita e foi abraçado por toda sai equipe. “Até este momento 16 empresas já foram beneficiadas, cada uma com um financiamento de R$5 mil, somando o montante de R$80 mil”.

No site da Administração está aberto o edital 009/2021, que abre novas inscrições para quem possuir interesse em ser auxiliado pelo programa. “O edital segue em aberto, pois ainda dispomos de recursos para este incentivo. As pessoas podem acessar o site, onde há todas as informações necessárias, assim como relação dos documentos necessários. Em caso de dúvida, os interessados podem entrar em contato com a Administração”, esclarece Greici.

 

Para o microempreendedor o auxilio público veio em boa hora

Com a pandemia, diversos comércios considerados não essenciais precisaram manter suas portas fechadas, isso prejudicou muitas famílias que tiravam seu sustento de pequenos empreendimentos, como é o caso de Marivanda Agostinetto, que possui um salão de beleza no centro de Camargo.

A comerciante solicitou um empréstimo de R$5 mil reais, e foi contemplada ainda na primeira fase do edital, pois seu comércio precisou ficar de portas fechadas por mais de 30 dias. “Esse recurso veio em um momento muito oportuno, onde eu realmente estava preocupada com o futuro do meu negócio, por que a pandemia ainda não acabou, está tudo sendo retomado, aos poucos as clientes estão voltando”, explica Mari.

A empreendedora explica que o dinheiro ainda não foi todo utilizado. “Esse incentivo é para manter o negócio, então o que eu fiz, repus materiais que faltavam fazendo um pequeno estoque, paguei contas mensais como aluguel e luz, deixando tudo em dia, e o restante eu fiz uma reserva, para resguardar o futuro”, continua a esteticista.

Com a pandemia houve o aumento dos preços em todos os setores da economia e Mari ainda sente os efeitos com a diminuição da clientela. “Eu estou neste endereço há 18 anos, tenho clientes que me acompanham desde o primeiro dia, outras que estão chegando agora, em fim, precisamos entender a situação de todos, pois o momento não é fácil”, continua.

Com o aumento dos preços dos materiais de trabalho, Mari precisa se manter no mercado pensando no melhor para as suas clientes. “Eu não aumentei nenhum valor nos meus serviços, eu pratico os mesmos preços de dois anos atrás. Faço isso pelas minhas clientes, pois os produtos tiveram um alto reajuste, mas precisamos passar por essa fase todos juntos. Precisamos ter esperança de que logo vai melhorar essa situação e precisamos sair mais fortalecidos”, finaliza.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.