Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosAnta Gorda“O medo da morte é grande”, diz Paulo Bettoni após contrair Covid-19

“O medo da morte é grande”, diz Paulo Bettoni após contrair Covid-19

Ele, que é presidente do Legislativo de Anta Gorda, chegou a ficar internado na UTI do Hospital Santa Terezinha, de Encantado

Grato. É assim que o presidente do Legislativo de Anta Gorda, Paulo Cesar Bettoni, se sente após ter vencido a batalha de 13 dias contra a Covid-19.

Os sintomas, segundo ele, iniciaram no dia 25 de julho, (domingo de noite). “Tudo começou com uma pequena irritação na garganta, semelhante a uma alergia. No dia seguinte, 26, percebi que fui piorando. Fui no posto de saúde para fazer o exame, onde me orientaram aguardar até a terça-feira, 27, e então fui para casa. Porém, à noite tive febre e dor no corpo intensas”, conta Bettoni.

Ele segue: “Chegada a terça-feira, fui no posto logo cedo, fiz o exame e deu positivo. Após, fui ao laboratório fazer um teste de sangue, o qual o médico havia solicitado e deu positivo também. Recebi medicação e o médico pediu então uma tomografia, a qual fiz na parte da tarde em Ilópolis, para ver como estava meu pulmão, onde já foi constatada uma lesão leve”, recorda.

Na quarta-feira, 28, Bettoni foi a Encantado consultar com um pneumologista, o qual achou que era cedo, que não havia necessidade de eu internar por enquanto. Mas como em todas as noites passava mal, na sexta-feira, 30, liguei para o pneumologista novamente e disse a ele que não estava bem e que teria que ir a Encantado para internar. Então, no sábado de manhã, chegando lá fiz uma nova tomografia e meu pulmão estava com mais de 50% dele comprometido. Internei, ficando no quarto no sábado e no domingo, mas a febre não melhorava e começou a me dar falta de ar”, lembra.

Na segunda-feira, 9, pela manhã, Bettoni foi então encaminhado à UTI do Hospital Santa Terezinha, tendo em vista que por meio de um raio X, foi constatado que seu pulmão tinha piorado ainda mais. “Quando disseram que eu precisaria ir para a UTI foi um baque, pensei mil e uma coisas, entrei em pânico. O medo da morte é grande, é muito angustiante, mas graças a Deus consegui dar a volta. Fiquei lá da segunda à quinta-feira, e na sexta-feira de manhã fui para o quarto ainda com o oxigênio, com o qual fiquei até o sábado, 7, ao meio-dia, já que quando eu caminhava ou ia tomar banho, faltava o ar”, relata ao frisar o bom atendimento da equipe de médicos e enfermeiros.

Na semana que vem, Bettoni terá avaliação com o médico pneumologista e também com um cardiologista. “Cabe salientar que, tanto o médico da UTI como o pneumologista, disseram que a minha sorte foi ter feito as duas doses da vacina, senão poderia ser bem pior, já que peguei uma carga viral forte. Por isso, peço às pessoas que continuem se cuidando, eu sempre tive respeito pela doença, mas agora também tenho medo porque o que eu passei não foi fácil”, enfatizou ele que fez as doses da vacina Coronavac, logo no início do ano.

Ele finaliza agradecendo: “Primeiro agradeço a Deus, pois nessas horas a gente se agarra sempre a uma força maior; à minha família com a qual eu mantinha contato pelo celular enquanto estava no quarto; aos meus amigos; à todas as pessoas que enviaram centenas de mensagens ou que ligavam dando força; aos que rezaram por mim; enfim, a doença está aí e temos que continuar nos cuidando”, encerrou.

 

Quatro antogordenses estão na UTI

Segundo informações da secretária de Saúde de Anta Gorda, Andreia Lodi Frighetto, quatro pessoas do município estão internadas em UTI Covid-19. “É um número considerável para um município pequeno como o nosso. Estamos todos torcendo pela recuperação destas pessoas”, disse.

Ela elogia a visão dos médicos do município que estão conseguindo identificar quando os sintomas começam a se agravar e dando o encaminhamento correto. “Eles estão conseguindo buscar leitos para esses pacientes, porque quanto antes for iniciado o tratamento mais intensivo, melhor será o resultado”, coloca ao pedir: “Pedimos que as pessoas continuem colaborando usando máscara e álcool gel, evitando grandes aglomerações e vacinando. Friso mais uma vez que a vacina é muito importante”, declarou.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.