Coagrisol inicia atividades na antiga sede da Fertimar

0
54
Atendimento na unidade iniciou no final do último mês

Desde o final de fevereiro, a cooperativa está operando na empresa em Vila Maria

Desde o final do mês de fevereiro, a Coagrisol está atendendo na antiga sede da Fertimar Cereais, localizada na ERS 324, em Vila Maria.
Segundo a assessoria da cooperativa, após ter toda a legalização do processo judicial referente à compra do ativo pertencente a uma cerealista que fechou as portas, a Coagrisol passa a operar no município, ampliando assim para a segunda unidade em Vila Maria.
A primeira unidade está instalada no município a cerca de dois anos, no trevo de acesso a Camargo. “Atualmente recebíamos somente o produto soja nesta unidade, a partir de agora com a ampliação deste negócio, passamos a receber somente o milho. Já na nova unidade, passamos a receber o produto soja unidade que já está equipada e recebendo grãos. Inclusive na última semana tivemos o recebimento de produtos agrícolas, no qual agradecemos a todos os cooperados que confiam na segurança e credibilidade da Coagrisol, que é uma marca que já tem 50 anos de mercado”, destacou o assessor de comunicação, Fernando Martins.
A equipe técnica e administrativa da Coagrisol já está atendendo na unidade das 8h às 22h, sem fechar aos sábados, domingos e feriados, nesse período de safra. “Queremos dar ao produtor a tranquilidade para entregar o seu produto, uma vez que ele precisa de agilidade”, garante.
Quanto a expectativa de recebimento de grãos, Martins ressalta que a unidade tem capacidade estática de 500 mil sacas e a Coagrisol espera superar isso. “Esse é o primeiro ano de atuação nessa nova unidade, vamos sentir a confiança do produtor na Coagrisol, uma vez que também tivemos esse fato que ficou certo atrito durante a negociação devido ao fechamento de outra empresa”, diz, explicando que a essa nova unidade é estratégica para a Coagrisol. “Quando tivermos excesso de armazenagem em outras unidades como Nova Alvorada e Camargo, na qual nós sempre temos essa necessidade de retirar o produto antes para dar espaço para que o produtor possa depositar mais grão, essa unidade vai servir como ponto base de outras da região”.

Negociação de compra
Toda a negociação de compra da unidade da Fertimar, foi conduzida de forma transparente, informa Martins. “As tratativas iniciaram em junho do ano passado, após teve o processo de aquisição devidamente homologado pela justiça que nos deu a posse desse imóvel. A justiça está acompanhando todo o processo”, disse, frisando que o valor foi acordado em R$ 10 milhões, mas alguma parte já foi quitada em hipoteca da antiga proprietária desse imóvel. “O pagamento será feito de forma parcelada, através de forma judicial, garantindo então que os produtores que não sabemos quantos, nem o valor da dívida, somente aquilo que chega por meio dos veículos de comunicação, todo esse processo os credores estarão acompanhando e sabendo quanto a Coagrisol pagou. A forma que isso será devolvido aos credores originários a justiça que vai decidir”.

Confiança
Para Martins, a atuação de 50 anos no mercado de trabalho reafirma o compromisso com o produtor. “Nesse tempo nenhum produtor deixou de receber um centavo sequer naquele prazo estabelecido. Então isso demonstra a credibilidade que a Coagrisol possui em toda a região”.

Estrutura
A estrutura adquirida é uma das melhores da cooperativa. “Essa estrutura é magnífica. Quando adquirimos, pensamos no produtor rural, que poderia passar uma safra sem ter um local adequado para depositar o seu produto então nós fizemos essa compra justamente para isso”.

Novidades
A Coagrisol disponibilizará de um amplo depósito de defensivos agrícolas, adubos, sementes e todo o mix de negócios da Coagrisol. “Futuramente queremos atuar com unidade de varejo”. Segundo Martins, negociar com a Coagrisol tem uma série de benefícios. “O principal deles é a transparência. O cooperado sempre saberá como está a situação da sua cooperativa”.

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome