Dia de Feira

0
136
Aimê Graff, coordenadora do Cras e Adrieli Gerevini, extensionista da Emater

Agricultores familiares de Fontoura Xavier expuseram seus produtos durante a 2ª edição da Feira de Agricultura Familiar que mais uma vez registrou sucesso

Por Ana Paula Mello

Quem passou em frente ao Esporte Clube Flor da Serra em Fontoura Xavier nos dias 17 e 18 foi surpreendido com a 2ª Feira de Agricultura Familiar, promovida pela Emater em parceria com o CRAS e Secretaria de Agricultura.

Doze produtores de várias comunidades estiveram expondo uma diversidade de produtos e mostrando o potencial do município em várias áreas.
De acordo com a extensionista social da Emater, Adrieli Gerevini, o objetivo da feira é proporcionar a estes produtores uma forma de valorizar o seu trabalho e mostrar a importância de cada um para o desenvolvimento do município. “Os resultados destas feiras são muito positivos pois a cada edição o número de produtores aumenta, o que mostra que a divulgação de que vale a pena é transmitida por aqueles que iniciaram o projeto, então é gratificante estar aqui e presenciar o sucesso”, diz Adrieli.
De frutas, legumes, até produtos artesanais como mel, salame, queijo e vinho, a feira trouxe para a Avenida 25 de Abril, uma diversidade de produtos.
“Isso mostra como Fontoura Xavier tem um potencial enorme em produzir diversas culturas e que tem espaço para todos, pois um complementa o outro”, relata.
A coordenadora do CRAS, Aimê Graff, reforçou a necessidade de continuar realizando eventos como este. “Envolve toda a comunidade, tanto os produtores, os consumidores, e as pessoas da organização e isso é muito saudável para o município”.
A feira iniciou na quarta-feira, 17 com venda direta ao público e foi encerrada no final da tarde de quinta-feira, 18, sendo que a próxima edição deve ocorrer em junho.

 

Feira reuniu 12 produtores durante dois dias

Oportunidade única
Para o agricultor Gilberto dos Santos, da Linha Taquari, a oportunidade que a feira traz é única tanto para os produtores como para os consumidores.
“Aqui tem pequenos produtores, que não conseguem plantar muita coisa nas suas propriedades, então o pouco que plantamos, estamos oferecendo aqui. E o consumidor tem esta chance de comprar um produto sem agrotóxico, puro e o melhor de tudo, produzido no seu município”, diz Santos.
No seu espaço, o produtor comercializou couve manteiga, caqui chocolate branco, laranja do céu, kiwi, xuxu e salame. Ele conta que a feira foi positiva, pois conseguiu comercializar grande parte dos produtos colocados em venda.
“Foi muito boa, com certeza vou participar das próximas edições”, garante.

Gilberto Santos comercializou vários produtos da sua propriedade na feira

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome