Safra 2018/2019: Início do plantio a todo vapor

0
90
Plantio de soja transformou-se em uma opção para os produtores

Alguns municípios da região, como Fontoura Xavier, preparam aumento da produção

Otimismo e empolgação. Assim se resume o pensamento dos produtores de soja e milho que estão se preparando para mais uma safra.
Em Fontoura Xavier, um dos maiores produtores entre os municípios de abrangência do Eco Regional, o início do plantio já começou a todo o vapor.
Na comunidade do Formigueiro, vários agricultores estão empenhados nas propriedades arrendadas para o produtor Mário Castelli. Segundo o secretário de Agricultura, Eduardo Silva Nunes, as expectativas são boas, já que neste ano, são esperadas 50 mil sacas de soja a mais.
“Estamos muito otimistas com a safra que se inicia. Sabemos que sempre há incertezas mas tudo indica um aumento significativo que vai resultar em desenvolvimento local e regional. Aumentou muito a quantidade de lavouras em várias comunidades como o próprio Formigueiro e o Gramado São Pedro e por isso, o resultado também será maior”, pontua.
Atualmente, vários produtores de outros municípios investem nas lavouras de Fontoura Xavier. Eles são de Marau, Passo Fundo, Porto Alegre, Carazinho, Soledade e outros locais. Para Nunes, estes investimentos são primordiais.
“Eles acreditam no nosso município e no solo potencial que há aqui, por isso estamos trabalhando para manter estes empregos no campo mantendo o acesso para os agricultores”, ressalta.
Neste ano, a secretaria entregou em torno de duas mil toneladas de calcário nas comunidades rurais, mas muitos desafios ainda são enfrentados pela pasta, que carece de maquinários para de fato, manter as estradas.

Em busca da safra perfeita
Não são apenas as condições climáticas que influenciam na safra, mas também o cuidado com a lavoura e o empenho do produtor. O supervisor regional e assistente técnico da Emater, Cézar Borille, afirma que até o momento não há previsão de anomalias climáticas para o verão, por isso, espera-se uma safra normal.
Sobre a vinda de El Niño, ele acredita que não passam de especulações. “Por enquanto, esta previsão não existe, mas sempre é preciso ter cautela”, diz.
Borille reforça sobre o cuidado com os insumos. “Estamos em um ano de insumos com preços acima da média. Precisamos utilizar os insumos com racionalidade para não elevar o custo de produção”, destaca.
Além disso, Borille reforça a necessidade dos produtores seguirem as recomendações técnicas para cada atividade e assim garantir o sucesso da safra.

Condições climáticas são preocupaçãoem Ilópolis
Os grãos não são o forte da produção ilopolitana. Ainda assim, a cidade plantará 1,5 mil hectares, sendo que 950 deles devem ser mantidos em grão e o restante virará silagem para auxiliar na alimentação dos animais. O município conta com duas plantadeiras, que são emprestadas para os produtores agilizarem o processo de plantio.
O secretário da Agricultura, Jurandir Marques, destaca que uma das máquinas é fornecida, com orientação, para que o produtor atue. A outra, com quatro linhas, é acompanhada por um condutor do município. “Não estamos conseguindo dar conta da demanda, devido ao excesso de chuva”, adianta.
Ele acredita que o atraso no início da plantação, motivado pelo alto índice pluviométrico, deve se transformar em desabastecimento da alimentação do gado leiteiro no próximo ano. “Vai acabar demorando para ser feita a colheita e isto pode gerar transtorno. É preciso que se pense em uma alternativa”, reforça. Além do maquinário, a secretaria também faz acompanhamento técnico. Para soja também começam a aparecer solicitações de auxílio no plantio, mas em menor quantidade.

O que você precisa saber sobre El Niño
É um fenômeno de aquecimento do Oceano Pacífico equatorial. O fenômeno climático pode interferir na distribuição das chuvas e consequentemente no desenvolvimento e na produtividade das lavouras. O agricultor precisa estar preparado e atento para seguir um programa de manejo fitossanitário correto e alcançar uma boa produtividade.

 

Agricultores já trabalham no início do plantio na propriedade de Mário Castelli
Em Ilópolis, município fornece equipamento para auxiliar no plantio de 1,5 mil hectares de milho
O supervisor da Emater Cézar Borille fala sobre as expectativas

Deixe seu comentário