Sommar apresenta novos híbridos da Syngenta e Pioneer

256
Produtores tiram dúvidas sobre as novas tecnologias da Syngenta e Pioneer

A Sommar Soluções Agrícolas juntamente com Syngenta, Timac Agro, Pioneer e UPL do Brasil realizaram uma Tarde de Campo, na sexta-feira, dia 02 de março, na propriedade de Jairo Luiz Casagranda, na Linha Viena, em Anta Gorda.
Os participantes conheceram 11 variedades de milho, cinco variedades de soja da Syngenta e Pioneer, foliares e defensivos. O consultor de vendas, Ezequiel Potrich, explica que o objetivo é apresentar as novas variedades aos participantes, destacando a característica de cada híbrido para que o produtor atenda sua expectativa em sanidade, ciclo produtivo, manejo da lavoura e principalmente o potencial produtivo. Cerca de 100 pessoas estiveram participando do evento.
Um dos produtores que participou da Tarde de Campo foi Giberto Cutti. Ele destaca que plantou em sua propriedade híbridos da variedade Maximus e Syngenta Status para grãos e silagem. “Minha silagem neste ano está boa, com bastante qualidade e o milho compensa por causa do volume, sendo que rendeu aproximadamente 45 mil kg por hectare”, afirma ao salientar que os 10 hectares destinados para silagem que vai servir para alimentar o plantel de 37 vacas de leite. “Optei por híbridos da Syngenta para a produção de silagem por causa da boa sanidade”, acrescenta.
Já o produtor Felipe Rigoni, plantou em 25 hectares de terra, milho da variedade Syngenta SYN 422 e está satisfeito com o resultado. “É um hibrido ótimo, precoce, com excelente sanidade e ótima estatura. Estimo colher 150 sacos de milho por hectare e caso fosse feita silagem tenho a certeza de um bom rendimento”, destaca.
Produtor de soja e milho, Gabriel Brancher avalia positivamente os produtos e a assistência prestada pela Sommar, bem como a Tarde de Campo. “O atendimento, produtos e assistência que recebo da Sommar é 100%. Quando preciso de um produto eles sempre têm à disposição e entregam em casa se necessário. Isso faz toda a diferença comparado a outras empresas. Sobre a Tarde de Campo achei muito boa, pois nos foram apresentadas novidades para melhorarmos e aumentarmos cada vez mais a produtividade”, salienta.
Brancher tem plantados em sua propriedade 15 hectares de milho e 28 hectares de soja que conforme ele está bem viçosa. “A colheita da soja está prevista para o dia 20, mas ela está muito bonita, está secando bem e a produção deve girar em mais de 80 sacos por hectare. A variedade escolhida foi da R51 da Pioneer”, conclui.

Produtor Gabriel Brancher
Produtor Felipe Rigoni aprovou o hibrido Syn 422
Gilberto Cutti destaca a sanidade dos hibridos da Syngenta para a produção de silagem

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome